Cloud Computing

Vale a pena investir em TI?

por Grupo Meta • 12/03/2015 • 18:50

O momento certo de investir em TI

Ficou no passado o tempo que pequenas e médias empresas tinham distintas obrigações fiscais em relação às grandes companhias. O que vemos hoje são corporações de pequeno e médio portes envolvidas com as demandas de adequação do e-Social, SPED Contábil e SPED Fiscal. Nesse novo cenário, mesmo as pequenas e médias precisam prestar contas e para fazer isso com mais agilidade e segurança, o uso da tecnologia é um caminho inevitável e sem volta.

Mas, antes de definir as soluções adequadas para o seu negócio, uma série de questionamentos deve ser feita pelos empresários, que precisam de respostas antes de decidir o investimento a ser realizado. Por exemplo: o que devo considerar antes de fazer o investimento? Quanto o uso da tecnologia vai agilizar os processos da minha instituição? Como saber quanto investir? Que conta fazer para calcular os investimentos feitos versus retorno oferecido? A equipe está pronta para fazer uso da tecnologia?

O que sabemos é que com o avanço da tecnologia, principalmente com o desenvolvimento da computação em nuvem (Cloud Computing), o valor do investimento em soluções de TI vem caindo, e por isso está mais acessível para as PMEs. Ao dispensar a aquisição de servidores e do investimento em mão de obra especializada, já que tudo fica concentrado em grandes provedores, há uma redução significativa nos aportes que as companhias necessitam fazer para estarem conectadas.

Se a escolha do empresário for a Cloud Computing, o passo seguinte é a definição de um software de gestão que atenda as demandas e, nesse momento, cabe a cada um determinar por que quer implementar um software.

Quando faço essa pergunta, a maioria dos empresários tem a resposta na ponta da língua: “Para organizar a empresa”. Para todos eu digo sempre que o software não organiza a companhia, mas que é uma ferramenta de trabalho importante para agilizar os processos.

Assim, se não existem os processos na corporação como eles podem ser agilizados? O caminho mais correto na implantação de um ERP, por exemplo, é mapear os processos da organização e verificar a aderência, ou seja, o quanto o software atende esses processos. A melhor solução é aquela que se encaixa nos procedimentos da empresa.

Quando apresentamos um ERP, a tendência do gestor é a de querer implementar todas as funcionalidades existentes, porém, o software é uma ferramenta – ele por si só não funciona sem a parte mais importante, o usuário final. Ele é o responsável direto pelo sucesso ou fracasso de uma implantação, pois, se a ferramenta não for adequada, a utilização ficará comprometida.

O momento correto para se investir em TI depende do nível de amadurecimento organizacional da companhia, seus objetivos de informação e as exigências do mercado e das instituições.

Para as empresas que se relacionam no mercado, é facilmente identificável aquelas que têm um nível organizacional elevado e as que não têm. Uma instituição de alto nível organizacional tem seus processos bem definidos e suas regras conhecidas pelos parceiros e colaboradores.

Já para aquelas que não têm seus processos bem definidos, ou seja, com baixo nível organizacional, fica difícil a implantação de qualquer software, a menos que a empresa despreze seus métodos, mesmo que empíricos, e assuma o workflow padrão do software, o que pode ser muito perigoso para o negócio.

A grande dica é: olhe para o seu negócio e veja o que realmente sua organização precisa, onde quer chegar e como a adoção da tecnologia pode ajudá-lo em seu dia a dia. Não se esqueça de verificar se sua equipe está pronta para a tecnologia e se precisa investir em treinamentos. Com essas informações na mão, você terá condições de escolher as melhores soluções para o seu negócio.

* Texto de Arildo Constantitno (presidente da Assespro-SP), originalmente publicado no portal CIO.

Meta DataCloud

  1. O ERP que oferecemos é desenvolvido pela Senior, especialista e referência em soluções empresariais no Brasil, com mais de 10 mil clientes instalados;

  2. O software fica disponível na nuvem, tornando o acesso às informações muito mais fácil, já que elas ficam on-line o tempo todo, eliminando todos os seus custos de infraestrutura de servidores;

  3. Utilizamos a infraestrutura de servidores da IBM, uma das empresas mais conceituadas do segmento no mundo, o que dá ainda mais segurança para o seu negócio.

Agende uma visita e conheça todas as vantagens de ter um ERP na nuvem para a sua empresa.

Agende uma visita

Artigos relacionados

Newsletter

Receba dicas e as novidades do mercado para ganhar muito mais tempo e eficiência nas operações da empresa! Preencha seus dados e assine nossa newsletter: