Contabilidade/Fiscal

Prazo para declaração de imposto de renda pessoa física 2018 encerra em abril

por iara • 20/03/2018 • 10:18

Já está novamente aberto o período para acertar as contas de 2017 com o Leão. O contribuinte tem o período de 1º de março de 2018 até o dia 30 de abril de 2018 para entregar sua declaração para Receita Federal.

Confira algumas informações importantes para não cair na malha fina e ficar em dia com a Receita.

Obrigatoriedade de apresentação

Está obrigada a apresentar a Declaração de Ajuste Anual, no modelo completo ou simplificado, referente ao exercício de 2018 a pessoa física, residente no Brasil, que no ano-calendário de 2017:

I – Recebeu rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70;

II – Recebeu rendimentos isentos superiores a R$ 40.000,00;

III – Obteve ganho de capital (venda de bens), ou na Bolsa (venda de ações) sujeito ao imposto;

IV – Teve a posse ou a propriedade de bens ou direitos, de valor total superior a R$ 300.000,00;

V – Relativo à atividade rural, obteve receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50;

VI – Passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano calendário de 2017, encontrando-se nesta condição em 31 de dezembro de 2017;

VII – Optou pela isenção de IR sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis no prazo de 180 dias.

A pessoa física, mesmo desobrigada, pode apresentar a declaração de Ajuste Anual.

Principais documentos necessários

Veja a lista de documentos necessários para fazer a declaração de IR:

  • Declaração do ano anterior, em arquivo ou papel, se houver;
  • Todos os comprovantes de rendimentos do ano de 2017;
  • Recibos de: despesas médicas, odontológicas, mensalidades escolares, pensão alimentícia, planos de saúde pagos em 2017;
  • CPF, endereço completo, título eleitoral, ocupação principal, relação de dependentes, CPF e data nascimento dos dependentes;
  • Comprovantes de compra/venda de bens móveis e imóveis e extratos bancários em 31/12/2017.


Multa pelo atraso na entrega

Se entregar a declaração após o prazo estabelecido o contribuinte fica sujeito à multa de 1% ao mês-calendário de atraso, calculada sobre o total do imposto devido nela apurado, sendo que tem como valor mínimo R$ 165,74. A multa será deduzida do valor do imposto a ser restituído, no caso de declaração com direito a restituição.

Quem estiver obrigado a apresentar a declaração e não o fizer, além da multa, terá problemas com seu CPF, que será cancelado.


Alterações para a declaração de 2018

Veja algumas alterações implementadas em 2017, que passam a valer a partir de 2018:

Obrigatoriedade na declaração

Obrigatoriedade de informar o CPF de dependentes e alimentandos com 8 anos ou mais, completados até a data de 31/12/2017.

Deduções

  • O limite anual de dedução por dependente passou a ser de R$ 2.275,08.
  • O limite anual de dedução de despesas com educação passou para R$ 3.561,50.
  • Na forma de tributação utilizando o desconto de 20% do valor dos rendimentos tributáveis na declaração (desconto simplificado), a dedução está limitada a R$ 16.754,34.


É muito importante que a declaração seja elaborada por um profissional contábil, para correta interpretação dos fatos e preenchimento dos campos de forma adequada, analisando sempre a forma mais vantajosa para o contribuinte e evitando que ele tenha sua declaração retida em malha fina.Uma novidade para este ano também é a inclusão de novas informações sobre os bens declarados. A partir de agora serão pedidos o endereço dos imóveis, sua matrícula, IPTU e data da compra, e o número do Renavam (registro nacional de veículo) dos veículos.

Lembramos que a Receita Federal tem divulgado que as restituições do Imposto de Renda serão feitas de acordo com a ordem de entrega das declarações. Portanto, não deixe para o final do prazo, que é 30 de abril!

Precisa de ajuda para declaração do IR? O Grupo Meta conta com uma equipe de especialistas que podem dar todo o suporte necessário e garantir que a sua declaração será entregue da forma correta. Entre em contato!

Com informações da Receita Federal

Artigos relacionados

Newsletter

Receba dicas e as novidades do mercado para ganhar muito mais tempo e eficiência nas operações da empresa! Preencha seus dados e assine nossa newsletter: