6 dicas para melhorar sua gestão de RH | Blog

RH/Terceirização

6 dicas para melhorar sua gestão de RH

por Grupo Meta • 27/05/2015 • 13:47

6 dicas para melhorar sua gestão de RHA procura por bons profissionais é um dos grandes problemas enfrentados pelas empresas, sejam elas grandes ou pequenas. Por isso, reter os melhores funcionários tornou-se uma obrigação das organizações. E para que isso seja possível, é preciso investir em uma gestão de RH consciente, que valorize os profissionais e aposte nas qualidades de cada um.

Neste post, vamos mostrar algumas dicas para que a sua empresa, independente do tamanho, possa aprimorar a gestão de RH e valorizar ainda mais o trabalho dos funcionários que a mantêm ativa.

Defina funções claramente

Manter claras as funções que serão desempenhadas por cada empregado é um item que parece simples, mas é de fundamental importância. Desta forma, ele tem mais clareza de quais ações deve priorizar e dilui mais facilmente o estresse do trabalho, além de tornar mais simples a definição de metas.

Neste ponto, vale um lembrete: ao definir as metas, seja realista e não proponha nada que seja inalcançável ou com prazo impossível de ser cumprido.

Invista em treinamentos

Quando um funcionário está atualizado sobre o trabalho que desempenha, o dia a dia fica mais produtivo. Assim, ganha a empresa, que direciona o tempo do trabalhador para aquilo que mais importa, e ganha o empregado, que tem a possibilidade de crescer pessoal e profissionalmente.

Se a sua empresa for de pequeno ou médio porte, ter um funcionário bem treinado pode representar ainda mais um benefício: com um atendimento bem-feito por alguém atualizado, sua marca pode se destacar no mercado e conquistar mais presença.

Crie um sistema de gestão

Ter um sistema de avaliação definido, pelo qual seja possível saber quem contribuiu mais e quem se desenvolveu mais, por exemplo, é essencial, principalmente na hora de dar algum benefício. Essa, inclusive, pode ser uma forma de estimular ainda mais a produtividade dos funcionários.

Não é obrigatório que você dê um aumento para aquele que mais produziu. Conceder algum tipo de vantagem, como uma folga extra ou trabalhar de casa, são possibilidades viáveis para qualquer empresa e que você pode pôr em funcionamento facilmente.

Utilize o feedback constantemente

Juntamente com o sistema de gestão, uma rotina de feedback constante é outra atitude que permite ao funcionário saber quais são os pontos em que a empresa espera que ele se desenvolva mais e quais ele já atende.

É importante destacar que o empregado também deve estar livre para fazer comentários sobre o que ele sente em relação à empresa. Só assim a relação entre as partes fica mais próxima e possíveis conflitos podem ser sanados.

Tenha comunicação interna

Mais do que um simples mural com algumas notícias, a comunicação interna é muito importante para evitar que a famosa “rádio corredor” divulgue informações inexistentes. Por isso, não esconda informações dos seus funcionários. Se sua empresa não tem como apostar em uma grande ferramenta de comunicação interna, um e-mail com as atualizações mais importantes ou uma reunião podem ser uma boa saída.

Mantenha um bom clima

Ter um bom clima no escritório ou ambiente de trabalho não é utopia. Essa deve ser uma realidade para que seus funcionários tenham prazer em trabalhar. Assim, é importante que você tenha sempre em mente que o ambiente entre os colegas deve ser saudável e que equipamentos, como computadores, ventiladores etc., devem estar funcionando bem para que tudo saia como o esperado.

Para a maior parte desses pontos, é possível encontrar alguma solução para a sua empresa, seja buscando ajuda de um profissional ou de uma empresa especializada. Ficou com alguma dúvida ou sabe de outra prática que ajuda a melhorar a gestão de RH? Então compartilhe com a gente!

Artigos relacionados

Newsletter

Receba dicas e as novidades do mercado para ganhar muito mais tempo e eficiência nas operações da empresa! Preencha seus dados e assine nossa newsletter:



Quando se fala em melhorias dentro de uma organização, é comum que primeiro se pense em reformar ou trocar o ambiente, comprar novos equipamentos ou ainda, aumentar a produtividade e gerar mais empregos. São poucas as empresas, porém, que entendem a importância de aperfeiçoar o pessoal interno.

Voltar os olhos para dentro da própria equipe e enxergar o potencial que essa representa, pode beneficiar a empresa tanto em níveis de mercado, como também no conceito que ela representa para os funcionários e clientes.

Treinar e desenvolver os colaboradores, consiste em aprimorar ou descobrir habilidades e competências nesses, que podem ser úteis dentro da empresa, em atividades ou cargos. Apesar de serem voltados para o mesmo público, há características que diferenciam os métodos:

 

Treinamento: capacita o colaborador para exercer a função que lhe foi designada. O treinamento tem a função de ressaltar habilidades técnicas e emocionais, como a criatividade, inovação e agilidade na resolução de problemas.

 

Desenvolvimento: qualifica o funcionário ou a equipe, para ocupar uma posição dentro de um futuro projeto. A capacitação é a longo prazo, ocorrendo através de etapas que concedem ao colaborador conhecimento teórico, habilidades técnicas e práticas, tal como novas competências, deixando o colaborador totalmente preparado para a nova função.

 

Treinar e desenvolver pessoal dentro da empresa, é vantajoso tanto para a organização quanto para os colaboradores. Além de agilizar o processo com funcionários já experientes e engajados, motiva-os a aproveitar o investimento pessoal e profissional, trazendo ainda mais resultados para a empresa.

 

Se você tem o papel de gestor dentro de uma empresa, esse conteúdo é para você: 8 principais caraterísticas de um bom gestor.