fbpx

Gestão de suprimentos: conheça as 3 melhores práticas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

 

A gestão de suprimentos está diretamente ligada aos processos de logística e desponta como uma atividade cada vez mais estratégica. O motivo? Fluxos integrados, eficientes e seguros proporcionam mais competitividade e resultados às organizações.

Se você deseja aprofundar seus conhecimentos sobre o assunto, encontrou o conteúdo certo! No post, você entenderá um pouco mais sobre o conceito e o funcionamento ideal da cadeia de suprimentos. Além disso, também terá acesso a dicas valiosas para implantar as melhores práticas no seu negócio.

Preparado? Vamos em frente e boa leitura!

O que é gestão de suprimentos e qual é a sua importância?

Não seria equivocado comparar o funcionamento de uma empresa, com todas as rotinas que a compõem, às engrenagens de uma máquina. Em ambos os casos, o bom funcionamento das partes — seja uma roldana ou um procedimento de faturamento — impacta diretamente no resultado do todo.

Nesse contexto, a gestão de suprimentos desponta como um componente essencial; afinal, ela é responsável pela administração dos recursos necessários à operação, garantindo que as demandas e fluxos sejam atendidos, geralmente agrega uma poderosa vantagem ao negócio.

Na prática, a gestão de suprimentos pode ser descrita como o esforço para assegurar processos mais ágeis e transparentes, mantendo a qualidade no fornecimento de insumos e no escoamento de itens (logística de transportes), por exemplo.

Já a importância de zelar pela gestão de excelência em suprimentos, embora esteja amparada em uma variedade de fatores, pode ser pontuada em um aspecto bastante específico: ao administrar recursos com eficiência e segurança, a organização ganha em competitividade e em performance.

O resultado disso, já no médio prazo, é a fixação de processos mais enxutos e eficazes, promovendo a excelência operacional e a satisfação do consumidor.

Como alavancar a gestão de suprimentos?

Agora que você já entendeu um pouco mais acerca do conceito e da importância de priorizá-lo em sua empresa, é hora de conferir um pouco mais de prática à discussão.

Para lapidar, ajustar e potencializar a gestão de suprimentos no seu negócio, é preciso estar atento a alguns aspectos essenciais à administração de recursos. Confira algumas dicas para melhorar o gerenciamento da cadeia de suprimentos!

1. Controle a localização de fornecedores

Os fornecedores são, sem dúvida, um dos parceiros mais importantes às empresas contemporâneas, independentemente do porte ou do segmento em que atuem.

Garantir o recebimento de insumos de qualidade no prazo desejado, é fundamental para que a organização consiga planejar a produção e, assim, estruturar todo o ciclo de escoamento.

2. Planeje (e preveja) o equilíbrio entre oferta e demanda

A manutenção de estoques superlotados, com grandes quantidades de mercadorias que têm baixa ocorrência de distribuição, costuma gerar um custo bastante alto à organização.

Por isso, o ideal é que a análise de demanda (bem como os históricos sazonais) seja uma rotina de gestão, permitindo que os líderes prevejam a demanda e, assim, consigam planejar as atividades produtivas.

3. Acompanhe métricas e KPIs

Os indicadores de desempenho são ferramentas importantes para monitorar e medir a eficiência de fluxos e procedimentos. No caso da cadeia de suprimentos, as métricas servem para mensurar, por exemplo, o ciclo de venda para determinado item (auxiliando no planejado da produção) e para certificar a qualidade do fornecedor (o IQF é um bom instrumento).

Ao dispor de dados transparentes e assertivos, a gestão de suprimentos ganha mais estabilidade e, claro, confere mais segurança às decisões estratégicas do negócio.

Com essas dicas, você pode alavancar a gestão de suprimentos e fazer com que a empresa obtenha resultados cada vez mais satisfatórios e se mostre ainda mais competitiva no mercado.

O conteúdo foi útil e rendeu insights interessantes? Então, aproveite para dividi-lo com seus amigos e conhecidos: compartilhe o texto em suas redes sociais! Bons negócios e até a próxima.

CTA_E-book_Papel_do_Gestor_TI_Moderno

Assine a nossa Newsletter