fbpx

Como a tecnologia pode ajudar nos seus processos de seleção?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Como a tecnologia pode ajudar nos seus processos de seleção?Processos de seleção bem executados são, normalmente, antecedidos por um bom recrutamento, incluindo estruturação e divulgação de vaga, captação de talentos e escolha dos instrumentos e métodos de seleção.

Dentro desse processo, a tecnologia é sempre uma grande aliada, uma vez que otimiza o tempo e oferece um grau de assertividade maior nos resultados.

Cada fase requer uma atenção específica voltada para determinados pontos. A partir disso, fizemos tópicos que mostram de que maneira a tecnologia pode atender às necessidades de cada etapa dos processos de seleção. Confira:

Plataforma de dados completa

Uma base com todos os dados que o RH precisa utilizar para iniciar um processo seletivo, com modelos padronizados e dados completos de candidatos, pode ser mais útil do que um arquivo lotado de papéis e centenas de currículos para serem analisados.

Recursos tecnológicos permitem que informações sejam filtradas e o tempo gasto na preparação de um processo seja muito menor. Assim, o recrutador pode dedicar seu tempo para tarefas mais estratégicas e menos burocráticas.

Captação de novos talentos

A internet se tornou a principal fonte de busca tanto para candidatos quanto para empresas. Hoje, existem sites voltados para todos os tipos de perfil profissional, que se tornam referência na captação de talentos. E uma das tendências do RH contemporâneo é justamente explorar todos os mecanismos que a internet oferece, ampliando cada vez mais as suas possibilidades.

Além disso, a tecnologia possibilita que mesmo aquele candidato que mora em outro estado, ou até em outro país, possa ter acesso à vaga e participar de processos de seleção. Isso é feito por meio da videoconferência, que ajuda a realizar entrevistas e avaliações online.

O recrutador busca compatibilidade de perfil entre empresa e colaborador, por isso, de onde esse candidato virá é o que menos importa para ele, desde que esteja motivado e determinado a ocupar a vaga. A função estratégica que o RH passa a ocupar traz essa e outras mudanças para o processo de recrutamento e seleção, modificando as suas prioridades.

Atração e retenção de talentos pela QVT

Até mesmo a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) pode ser controlada por meio da tecnologia. Hoje, já existem sistemas completos que oferecem recursos nas áreas de segurança do trabalho e medicina ocupacional. Tais recursos permitem uma mensuração mais assertiva de indicadores de qualidade, monitorando atividades, definindo exames ocupacionais necessários e, consequentemente, minimizando riscos, o que proporciona um ambiente mais harmonioso.

A preocupação com o ambiente de trabalho em si e com o desenvolvimento dos colaboradores deve fazer parte da cultura da empresa. Tal aspecto se torna um diferencial no quesito empregabilidade, aumentando as chances de atrair e reter talentos com processos de seleção mais acertados.

Uma vez que passam a fazer parte de um sistema operacional, o qual será constantemente utilizado, hábitos de qualidade serão internalizados nessa cultura, influenciando diretamente no clima organizacional e, claro, na produtividade da equipe como um todo.

Ainda tem dúvidas sobre como a tecnologia pode facilitar a rotina de um setor de Recursos Humanos? Então, confira os 7 pontos importantes para prestar atenção antes de migrar para o Cloud Computing!

CTA_E-book_CLOUD-COMPUTING

Assine a nossa Newsletter