Seguros

Consórcio de imóveis ou aposentadoria imobiliária? Qual é melhor?

por grupometa • 27/03/2018 • 09:38

Desde a década de 1960, a modalidade tipicamente nacional de aquisição de bens móveis e imóveis — o consórcio — tem tornado realidade os sonhos de consumo de milhões de brasileiros.

Durante décadas, os automóveis eram o único produto negociado nos planos de consórcio. Tanto que tal modalidade de compra sem juros foi, à época, um dos pulmões do desenvolvimento da indústria automobilística no país.

Atualmente, além de automóveis, vários outros tipos de bens podem ser adquiridos de forma parcelada e sem juros por meio dos planos de consórcio.

Inclusive, a compra consorciada de imóveis com vistas à aposentadoria ganhou destaque nos últimos anos. Esse procedimento ficou conhecido como aposentadoria imobiliária. Continue acompanhando para saber mais!

1. A diferença entre consórcio e aposentadoria imobiliária

Essencialmente, consórcio e aposentadoria imobiliária são a mesma coisa mas, na prática, ambos se distinguem pela finalidade da compra do bem em questão.

Em se tratando de aposentadoria imobiliária, o objetivo principal do consorciado é alugar o imóvel tão logo ele esteja disponível e, assim, rentabilizá-lo em longo prazo, tornando-o uma poderosa fonte de renda para a aposentadoria.

Outros objetivos podem, também, motivar a compra de imóveis consorciados, como moradia ou investimento, por exemplo.

Sendo assim, tanto o processo de adesão quanto as condições do plano de consórcio serão sempre os mesmos, independentemente da expectativa que se tenha sobre o uso posterior do imóvel.

2. As vantagens e desvantagens dos planos de consórcio

A modalidade de compra de bens por meio de consórcio, por si só, já configura uma vantagem, na medida em que não são computados juros sobre as parcelas. Ainda existe a possibilidade de se desfrutar do bem muito antes do término das prestações.

Além dos sorteios periódicos entre os participantes do plano, a quitação de várias parcelas de uma vez — procedimento conhecido como lance financeiro — aumenta as chances de contemplação.

No entanto, diferentemente dos financiamentos, em que o bem fica disponível para uso assim que o contrato é aprovado, nos planos de consórcio, o desfrute do bem almejado fica condicionado a variáveis, como:

  • quitação de todas as parcelas ou contemplação;
  • adimplência de todos os cotistas do fundo de investimentos;
  • rentabilidade das aplicações feitas pelos administradores do fundo.

Apesar disso, a aposentadoria imobiliária é tão atrativa quanto a previdência privada, uma vez que os imóveis, mesmo sofrendo depreciação e oscilações de preço, tendem a valorizar com o tempo.

3. O melhor momento para aquisição

O melhor momento para aquisição de um plano de consórcio é quando o comprador pode aguardar para usufruir do bem.

No caso de um plano de consórcio de imóvel que visa a aposentadoria imobiliária, qualquer momento se torna propício para a adesão, uma vez que o investidor tem mais chances de ser bem-sucedido em médio e longo prazo.

Quem tem planos de moradia e está em busca de sair do aluguel, por exemplo, deve calcular muito bem o custo da espera para saber o melhor momento de aderir a um plano de consórcio imobiliário ou a um financiamento.

4. O perfil do consorciado

Em linhas gerais, todo consorciado é previdente, ou seja, alguém que edifica o futuro — nesse caso, o futuro financeiro — com base em pequenas ações positivas que se desdobram no presente.

Nesse sentido, uma pesquisa divulgada em 2017  pela Associação Brasileira dos Administradores de Consórcios (ABAC) sobre o perfil dos consorciados brasileiros revelou que 65% deles são homens, 69% são casados e 60% têm mais de quarenta anos.

Com isso, é possível perceber que as pessoas que, em geral, buscam vantagens nos planos de consórcio têm perfil responsável, são pessoas maduras e estão sabiamente construindo um patrimônio valioso para o momento mais propício de suas vidas.

O sucesso dos planos de consórcio no Brasil já superou cinco décadas. Diante das possíveis mudanças na previdência social do país, esse sucesso tende a perdurar por muitos anos.

Tal expectativa se constrói, sobretudo, em razão da inteligente estratégia de aposentadoria imobiliária viabilizada pelos planos de consórcio, a qual deve atrair cada vez mais pessoas à medida que essa modalidade de investimento for se tornando mais difundida no mercado.

Se você gostou deste conteúdo, compartilhe-o agora mesmo em suas redes sociais!

Artigos relacionados

Newsletter

Receba dicas e as novidades do mercado para ganhar muito mais tempo e eficiência nas operações da empresa! Preencha seus dados e assine nossa newsletter: