fbpx

Como a administradora de condomínios trabalha em conjunto com o síndico?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

O crescimento dos condomínios e as demandas constantes dos moradores têm tornado o trabalho do síndico cada vez mais moroso, visto que o papel dele não se limita a zelar pela estrutura e evitar conflitos. A boa gestão requer uma série de tarefas e responsabilidades, o que normalmente torna necessário procurar ajuda de uma empresa especializada no tema.

A administradora de condomínios tem experiência em auxiliar o síndico na parte administrativa, fiscal e tributária, contribuindo para o bom funcionamento de um prédio. Por isso, é interessante contar com ela não apenas para lidar com os problemas, mas também para evitar que muitos deles aconteçam.

Está precisando de dicas para gerenciar um condomínio? Então, continue a leitura e descubra as vantagens de ter uma administradora como aliada!

Equipe qualificada

O condomínio precisa ter prestadores de serviços de diversas áreas para manter o seu perfeito funcionamento. Para grandes condomínios, por exemplo, é necessário ter uma equipe de segurança, limpeza e manutenção da estrutura. Além disso, é recomendável que exista uma assessoria jurídica para defender interesses coletivos do condomínio, bem como prezar pela contratação de um Seguro Predial que garanta total segurança à edificação.

Escolher bons prestadores de serviço é uma função que demanda tempo e avaliação do síndico, mas com o auxílio de uma administradora de condomínios, essa tarefa se torna muito mais prática. Empresas desse ramo oferecem a análise da documentação das terceirizadoras de serviço, assim como o amparo nas relações fiscais e tributárias. 

Administração de pessoal terceirizado

Após a contratação dos colaboradores, existem diversas obrigações legais que podem ser realizadas pela administradora, tais como a confecção da folha de pagamento, apuração e recolhimento dos impostos (IRPF, FGTS e INSS) ou o envio das informações trabalhistas ao e-Social. Assim, é possível evitar a perda de prazo, cálculo incorreto de uma obrigação, desatualização das leis e processos trabalhistas.

Apoio às tarefas financeiras

Após a contratação de uma administração profissional, toda a rotina burocrática do condomínio fica sob responsabilidade da terceirizada. As atividades de gestão administrativa e financeira demandam muito tempo e atenção, como pagamento de pessoal, previsão orçamentária, impostos, planejamento anual dos custos, prestação de contas etc.

Outra atividade que é bem delicada e que pode ser repassada à terceirizada é a cobrança dos inadimplentes. Muitos moradores acreditam que essa é uma tarefa do síndico, o que acaba criando uma situação embaraçosa. Portanto, contar com a administradora é essencial para profissionalizar essa função mais delicada.

Por fim, vale mencionar que terceirizar essas tarefas permite que o síndico mantenha sua atenção nos processos estratégicos, de modo a preservar o bom funcionamento do condomínio, o que garante um resultado mais satisfatório para todos os moradores.

 

Como pode-se perceber, ter uma administradora de condomínios é essencial para ajudar o síndico na boa gestão e solução de problemas burocráticos. Assim, simplifica-se a sua rotina, deixando que ele foque nas funções estratégicas e na fiscalização do trabalho dessa empresa, buscando evitar problemas administrativos, financeiros e trabalhistas.

Tem dúvidas ou conhece outras vantagens de contar com a ajuda de uma administradora de condomínios? Compartilhe a sua opinião nos comentários!

Assine a nossa Newsletter